terça-feira, 19 de novembro de 2019

O mercado de Natal de Colmar e a Rota dos vinhos da Alsace






A rota dos vinhos da Alsácia começa junto de Estrasburgo e termina, 170 Kms e mais de setenta aldeias depois, junto de Colmar. E é uma das road trip mais bonitas e completas da Europa. Toda a zona é uma mistura de cultura francesa e alemã, graças ao ping pong de soberania a que a zona foi sujeita ao longo dos anos, casas com traves de madeira, ruas em calçada, pastelarias e padarias, flores por todo o lado: nos canteiros, em vasos à janela e nos jardins e, claro está, muito vinho. Na verdade há mais de mil produtores ao longo do caminho e quase todos têm provas de vinho abertas ao público. Não entrem em todos... a sério, pela vossa saúde...



Mas o melhor desta rota é que pode ser feita em qualquer altura do ano e, se for feita a partir do fim de novembro até fim de dezembro, vem com um bónus: a maioria destas aldeias tem mercados de Natal, incluindo aquele que é, muito provavelmente, o mais conhecido mercado de Natal da Europa, o mercado de Colmar.

A não ser que tenham muitos dias disponíveis não vão conseguir visitar todas as aldeias da rota. Na verdade, visitar tantas aldeias iria tornar a experiência um pouco repetitiva a certo ponto. Por isso, para ajudar na seleção, deixo aqui algumas das nossas favoritas:



Colmar:


Colmar é uma cidade de conto de fadas. Os canais que atravessam a cidade, as casas coloridas, a petite Venice, a quai de la poissonnerie e a igreja de Saint Martin tornam-na perfeita e, na altura em que o mercado de Natal está aberto, a cidade fica mais do que perfeita.



Se visitarem o mercado de Natal de Colmar:

Na última semana de novembro até 30 de dezembro o mercado de Natal invade as ruas de Colmar. Está dividido em 6 zonas numa área de pouco mais de 1 km, e enche a cidade com luzes, música, vinho quente, árvores de Natal e cheiro a canela e gengibre. Tudo tão perfeito que até o mais empedernido Grinch fica a cantar Jingle Bells durante uma semana depois de uma visita à cidade.

1-  No mercado da Place de La Cathedrale fica o Gourmet Market que, como o nome indica, é algo que vos vai fazer voltar a rebolar para casa. Muitos dos restaurantes da Alsácia têm aqui um quiosque com as suas especialidades, servidas com vinho local ou sumo de maçã quente, no meu caso. A desgraça final vem na forma de crepes e gaufres servidas com todas as gordices imagináveis e outras que só os franceses conseguem imaginar.

2-  No mercado da Place Jeanne D’Arc podem encontrar um ambiente mais parecido com o de uma pequena aldeia da Alsácia e é o melhor sítio para comprar iguarias tradicionais para levar para casa.

3-  Já no mercado da Place de l’ Ancienne Douane, no coração da cidade, encontram cerca de 100 barraquinhas com cerveja local, ornamentos natalícios, recordações e biscoitos de gengibre.



4-  O Mercado coberto de Khoifus, é o melhor sítio para encontrar artesanato, rendas e bordados feitos por artesãos locais.

5-  Na Petit Venise, encontram a imagem mais conhecida de Colmar: as casas com traves de madeira com as pontes sobre os canais e a miríade habitual de comida e souvenirs.

6-  Na Place des six montagnes fica o mercado dedicado às crianças. Há carrosséis, um presépio e a caixa de correio para depositar as cartas para o Pai Natal.

Durante o mercado de Natal preparem-se para terem de partilhar o espaço com muita gente. Por muita gente entenda-se "nível Norte Shoping dois dias antes do Natal". Para quem não gosta de multidões o melhor é evitar as duas primeiras semanas de mercado e começar a visitar as barraquinhas logo à abertura às 10 da manhã.


Eguisheim:


Esta pequena aldeia já ganhou várias vezes o prémio de aldeia mais bonita de França e percebe-se bem o porquê da coroa de miss.




Riquewihr:

Mais uma aldeia que parece um cenário da Bela e o Monstro. Cada casa é mais bonita do que a outra e no cimo da aldeia tem uma loja de decorações de Natal que é uma verdadeira perdição. Aconselho a entrarem sem dinheiro para resistir a tentações...



Ribeauville:

Fica pertinho de Riquewhir e tem a particularidade de ter um castelo como pano de fundo.




Kayserberg:





Turckheim:



Outras paragens que valem a pena são, claro, Estrasburgo, Bergheim, Kintzheim, Dambach-la-Ville, Rosheim e Obernai.

Mapa da Rota dos Vinhos:




Como ir:

Os aeroportos mais perto da rota dos vinhos da Alsace são o de Basel, na Suíça, e o de Estrasburgo, em França. A partir destas cidades dá para ir de comboio ou de carro.
Há também quem opte por visitar as aldeias de bicicleta. Por exemplo, em Colmar, podem alugar uma bicicleta por 10€ por dia na Lulu Cycles.

Dicas: 

- Se alugarem carro no aeroporto de Basel, aluguem na parte francesa do aeroporto pois fica a metade do preço.

- O Europa Park e Parque Petit Prince ficam na zona e podem ser uma boa ideia para conjugar com mais um ou dois dias de viagem.

Já nos seguem no Instagram? Mundo Magno







Sem comentários:

Enviar um comentário